Skip to content
Feliciano Centurión integra coletiva no Henie Onstad Kunstsente

Feliciano Centurión (1962, Paraguay - 1996, Argentina) integra a coletiva Every Moment Counts - AIDS and its Feelings, com curadoria de Ana María Bresciani e Tommaso Speretta, no Henie Onstad Kunstsente, Noruega. A mostra, que empresta o título da série de Rotimi Fani-Kayodes, reúne mais de 200 obras de 60 artistas internacionais e acontece no Ano da Cultura Queer no país.

"As obras selecionadas destacam-se pela sua contribuição para fragmentar o discurso mainstream sobre a AIDS e apresentar pequenas narrativas que promoveram uma compreensão plural versus uma compreensão universal da epidemia (...) A exposição considera como os artistas incorporam em seus trabalhos o pessoal e o político, teoria e prática, a política e os meios de comunicação de massa, a cultura e a sociedade, através das lentes da sua experiência profundamente íntima da epidemia e da crise de valores que esta gerou."

— Tommaso Speretta, co-curador da exposição