Skip to content
Vista da exposição
Vista da exposição
Vista da exposição
Vista da exposição
Vista da exposição

Press Release

A exposição de Dudi Maia Rosa é composta por um conjunto de sete peças bidimensionais feitas com fibra de vidro e resina pigmentada, com dimensões de 170 x 170 com, e um conjunto de quatro obras similares com dimensões de 130 x 130 cm. Em relação aos seus trabalhos mais recentes, em que o artista utiliza basicamente a mesma técnica, os trabalhos apresentados agora na Galeria Millan têm a particularidade de terem sido moldados contra o vidro. Dessa forma, a sua superfície tem uma lisura completa que gera certa reflexão e acaba por enfatizar a transparência e o cromatismo das obras, neutralizando parcialmente aspectos ligados ao suporte e à matéria.

Maia Rosa utiliza nesses trabalhos soluções limites como a monocromia, degradês, a referência ao preto e branco da fotografia, e, em pelo menos duas obras, formulações paródicas de um tipo de pintura mais expressiva. Assim, aprofunda em sua poética um processo que o crítico Gaudêncio Fidelis descreveu como a “intuição do corpo pictórico como presença comemorativa”. Ou seja, desde 1984, as obras de Maia Rosa, suas “fibras”, estão para a pintura um pouco como a guitarra está para o violão na MPB. O brilho e a tonalidade de seus trabalhos trazem uma energia amplificada que, longe de negar o intimismo da pintura tradicional, o comemora em uma outra escala.